Política de privacidade e tratamento de dados
Revisão 1.1

Identificação da empresa e data de publicação
Organização de luto baldocchi LTDA – CNPJ 66.826.827/0001-67 publicado em 15/09/2021
Sua privacidade é muito importante para nós! Esta Política de Privacidade explica como a Baldocchi coleta, usa e compartilha suas informações pessoais em conexão com nosso site, software e demais serviços eventualmente oferecidos, nos termos da Lei n.º 13.709, de 14 de agosto de 2018, conforme alterada (“Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais”) e demais normas aplicáveis. 
Recomendamos aos usuários uma leitura atenta deste documento, por se tratar de parte integrante da relação jurídica baseada no respeito entre a Baldocchi e os mesmos.
Para uma melhor compreensão dos usuários, considerar-se-á “dado pessoal” toda informação capaz de identificar ou tornar identificável o próprio USUÁRIO, desde que pessoa natural. 
Os tipos de titulares os dados e suas finalidades
Nós coletamos os dados dos Titulares e dependentes do plano funerário com os dados de (nome, endereço, telefone, celular, e-mail, cpf, rg, religião, data de nascimento, dados do conjugue e parentesco entre os familiares, estado civil, sexo e identificação de instalação de energia para determinados tipos de cobrança caso permitido pelo titular do contrato.
Estes dados poderão ser utilizados para essas situações, porém garantimos que não sera utilizado para nada além disso.
São elas:
Cadastro de plano, cobrança, localização de dependente/titular, atendimento plano, atendimento funerário, cadastro e consulta cobrança conta de energia, contas a pagar/contas a receber, agenda de exames, envio de e-mail/mensagem informativa/cobrança, e caso autorizado pelo titular dos dados, promoções e benefícios disponíveis do plano funerário familiar.

Os dados de imagens coletadas na empresa matriz e filiais, são coletados apenas para fins de segurança e são armazenamos por até 30 dias contando a partir da data de gravação.

Os dados de imagens do velório on-line são de responsabilidade e tratamento do declarante do óbito junto a funerária e a distribuição é de responsabilidade dele, sendo assim a baldocchi não se responsabiliza pelo uso indevido de imagens do velório on-line.

Duração do tratamento de pessoais (enquanto for permitido o armazenamento dos dados legalmente) os dados serão mantidos pelo tempo necessário de contrato e serão manuseados apenas enquanto o contrato for ativo. Após o fim do contrato serão disponibilizados apenas para consultas de novas vendas.

Uso de cookies, se for necessário

No momento não utilizamos, mas este documento pode ser alterado a qualquer momento sem aviso prévio caso algo seja alterado.

Providencias adotadas para segurança da informação

Os dados são protegidos em um armazenamento em nuvem de responsabilidade de uma empresa terceira que cuida de nossos sistemas de atendimento, gestão financeiro e cobrança.

Informações sobre compartilhamento de dados pessoais
A baldocchi não se responsabiliza sobre os dados compartilhados com empresas parceiras pois o tratamento dos dados são de responsabilidade delas, porém fazemos parcerias apenas com empresas adequadas a LGPD.

NOTA: a empresa toma cuidados de ter contratos apenas com parceiras adequadas a LGPD mesmo não se responsabilizando pelo uso deles.

A integra dos direitos dos titulares em relação ao controlador (art. 18 LGPD)

Direitos do Titular dos Dados Pessoais, conforme Artigo 18 da Lei nº 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados, com redação atualizada até a data de publicação da presente Política de Tratamento de Dados e Privacidade)

Art. 18. O titular dos dados pessoais tem direito a obter do controlador, em relação aos dados do titular por ele tratados, a qualquer momento e mediante requisição:
I – Confirmação da existência de tratamento;
II – Acesso aos dados;
III – correção de dados incompletos, inexatos ou desatualizados;
IV – Anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade com o disposto nesta Lei;
V – Portabilidade dos dados a outro fornecedor de serviço ou produto, mediante requisição expressa e observados os segredos comercial e industrial, de acordo com a regulamentação do órgão controlador;
V – Portabilidade dos dados a outro fornecedor de serviço ou produto, mediante requisição expressa, de acordo com a regulamentação da autoridade nacional, observados os segredos comercial e industrial; (Redação dada pela Lei nº 13.853, de 2019)
VI – Eliminação dos dados pessoais tratados com o consentimento do titular, exceto nas hipóteses previstas no art. 16 desta Lei;
VII – informação das entidades públicas e privadas com as quais o controlador realizou uso compartilhado de dados;
VIII – informação sobre a possibilidade de não fornecer consentimento e sobre as consequências da negativa;
IX – Revogação do consentimento, nos termos do § 5º do art. 8º desta Lei.
§ 1º O titular dos dados pessoais tem o direito de peticionar em relação aos seus dados contra o controlador perante a autoridade nacional.
§ 2º O titular pode opor-se a tratamento realizado com fundamento em uma das hipóteses de dispensa de consentimento, em caso de descumprimento ao disposto nesta Lei.
§ 3º Os direitos previstos neste artigo serão exercidos mediante requerimento expresso do titular ou de representante legalmente constituído, a agente de tratamento.
§ 4º Em caso de impossibilidade de adoção imediata da providência de que trata o § 3º deste artigo, o controlador enviará ao titular resposta em que poderá:
I – Comunicar que não é agente de tratamento dos dados e indicar, sempre que possível, o agente; ou
II – Indicar as razões de fato ou de direito que impedem a adoção imediata da providência.
§ 5º O requerimento referido no § 3º deste artigo será atendido sem custos para o titular, nos prazos e nos termos previstos em regulamento.
§ 6º O responsável deverá informar, de maneira imediata, aos agentes de tratamento com os quais tenha realizado uso compartilhado de dados a correção, a eliminação, a anonimização ou o bloqueio dos dados, para que repitam idêntico procedimento, exceto nos casos em que esta comunicação seja comprovadamente impossível ou implique esforço desproporcional. (Redação dada pela Lei nº 13.853, de 2019)
§ 7º A portabilidade dos dados pessoais a que se refere o inciso V do caput deste artigo não inclui dados que já tenham sido anonimizados pelo controlador.
§ 8º O direito a que se refere o § 1º deste artigo também poderá ser exercido perante os organismos de defesa do consumidor.

Identificação e Contato do Encarregado
Caso necessário poderá entrar em contato com o encarregado LGPD pelo email abaixo:
Baldocchi@baldocchi.com.br. Ou pelo número (16) 3625-1991 – Maycon silva.

2 VIA BOLETOS